Não é segredo que os micro e pequenos empresários brasileiros têm muita garra em suas iniciativas, mas a operação diária de uma pequena empresa traz desafios que, muitas vezes, tornam o sonho do negócio próprio bem mais árduo do que se previa inicialmente.

Resultado de imagem para contabilidade parceiros

Como o braço direito do empreendedor, o contador tem condições de tornar a rotina administrativa das pequenas empresas mais organizada e eficiente, orientando em diversos aspectos. Desde a questão da redução de despesas com impostos, por meio de uma consultoria tributária, até o apoio em questões críticas, como no enfrentamento de um processo trabalhista.

Se por um lado a pequena empresa precisa dessa ajuda para garantir sua permanência no mercado, por outro lado o escritório de contabilidade também busca se diferenciar da concorrência mostrando mais valor para seus clientes.

Muitas vezes, apoiar a pequena empresa indo além do arroz com feijão da contabilidade é uma excelente maneira de se mostrar mais próximo e disponível, fazendo com que o cliente perceba a real importância do contador.

Seguindo essa linha de raciocínio, como seu escritório contábil pode se mostrar verdadeiramente comprometido com o sucesso da pequena empresa?

Montar uma rede de parceiros de negócio é uma alternativa a ser considerada pelo contador para oferecer soluções altamente eficientes aos clientes.

Unir forças com profissionais especializados tornará seu atendimento muito mais robusto.

Imagine a seguinte situação: seu escritório tem um novo cliente, uma rede de três lojas de papelaria chamada Papeleco. A troca de contadores está um pouco tensa. Você já encaminhou o termo de transferência de responsabilidade técnica para o contador antigo terminar de preencher, mas ainda não recebeu os documentos.

De acordo com a Resolução CRCSC Nº 343/2012, o contador anterior deveria entregar os documentos do setor pessoal e fiscal em 10 dias e os demais documentos em 30 dias. Já se passaram 20 dias e nenhum documento foi recebido.

Aí, você começa a notar que algo pode estar errado e descobre uma dívida de R$ 80 mil por falta de pagamento de impostos, porque o ex-contador não quitou as guias e seu cliente tinha comprovantes falsos. Para piorar, a Papeleco está enfrentando uma ação trabalhista de um funcionário que fazia horas extras e não as recebia. Até porque o cliente não tem um controle de ponto e tocava este assunto na base do acordo verbal. E agora?

Para resolver essa questão e colocar a vida do cliente em ordem, você vai fazer muita ginástica. Será preciso resgatar os comprovantes de pagamentos feitos para o antigo contador e contabilizar o prejuízo gerado para iniciar uma ação judicial.

Além disso, você terá que recalcular os impostos em atraso para que o cliente possa planejar o pagamento. Quanto ao processo trabalhista, será importante fazer um levantamento referente aos horários de trabalho praticados nas lojas e obter documentos que comprovem a presença (ou a falta) do trabalhador que está movendo a ação. E essas são apenas algumas das demandas.

Nessa hora, a parceria entre contador e advogado será decisiva para a elaboração da melhor estratégia a ser seguida, levando em consideração as particularidades de cada empresa.

Ao aliar sua experiência e conhecimento técnico nos cálculos trabalhistas e de impostos com o olhar de um advogado, é possível desenhar um caminho para cada desafio que a pequena empresa enfrenta e, assim, ajudar de verdade seu cliente.

Além disso, você pode até convidar esse profissional para trabalhar dentro do seu escritório, agilizando o atendimento ao cliente e repartindo os custos.

Você não precisa esperar que seu cliente passe por uma situação difícil como a ilustrada acima para contar com ótimos parceiros de negócio. Aliás, com a parceria ideal você pode, inclusive, evitar que a pequena empresa se envolva em complicações.

Quando o escritório de contabilidade incentiva o uso de um software de gestão, ele cria uma grande oportunidade para seu cliente, que pode se organizar melhor e ter mais chances de sucesso no mercado. Também abre espaço para um trabalho muito mais produtivo dentro do escritório e traz excelência na prestação de serviços.

Afinal, se o cliente usa um sistema que pode ser integrado à solução de integração contábil adotada pelo escritório, o contador tem mais condições de apoiá-lo nas questões estratégicas do negócio.